Cultura

Tradição Oriental

04/11/2019

Tradição Oriental

Kimono着物é uma palavra japonesa que significa roupa. Entretando, a palavra passou a ser usada para se referir a uma tradicional roupa japonesa.

Os Kimonos, surgiram durante o período Heian (794-1192). No período de Nara (710-794), os japoneses usaram basicamente conjuntos para separar as peças de cima e as de baixo ou peças únicas. Mas no período Heian, a confecção do kimono foi desenvolvida. O corte em linha reta e a costura em uma peça única. Com esta técnica de costura, os fabricantes de kimono não precisavam mais se preocupar com a forma do corpo das pessoas.

O corte em linha reta ofereceu muitas vantagens aos kimonos. Eles eram fáceis de se vestir e adequados para qualquer estação do ano. Poderiam ser usados em camadas para aquecer no inverno, e poderiam ser feitos em tecidos leves, tornando-se confortáveis para o verão. As vantagens ajudaram os Kimonos a fazer parte do cotidiano dos japoneses.

O tempo foi passando, e o hábito de usar kimonos em camadas virou uma moda, os japoneses começaram a prestar atenção nos Kimonos de com cores diverentes, então desenvolveram uma grande sensibilidade para cores. As combinações de cores representam tanto as cores da estação quanto as classes políticas às quais cada um pertencia. Foi durante esse tempo, que o que conhecemos como “combinação de cores tradicional japonesa” foi criada.

Durante os períodos Kamakura (1192 - 1338) e Muromachi (1338 - 1573), tanto homens como mulheres usaram kimonos coloridos. Os guerreiros vestiam-se com cores que representavam seus líderes e, algumas vezes, o campo de batalha era tão ostentoso quanto um desfile de moda.

Durante o período Edo (1600 - 1868), o clã do guerreiro Tokugawa reinou sobre o Japão. O país estava dividido entre os domínios, liderado pelos senhores feudais. Os samurais de cada domínio eram identificados pelas cores e modelos de seus 'uniformes', que eram constituídos por: um kimono, uma peça sem mangas conhecida como kamishimo, usada sobre o kimono, e um hakama, uma calça parecida com uma saia dividida. O kamishimo era feito de linho, engomado para definir melhor os ombros.

Com tantas roupas para samurais precisando ser feitas, os fabricantes de kimono foram aperfeiçoando sua destreza e sua fabricação transformou-se em uma forma de arte. Os kimonos tornaram-se cada vez mais valiosos e os pais começaram a guardá-los para seus filhos, como uma herança de família.

Durante o período Meiji (1868 - 1912), o Japão foi fortemente influenciado por culturas estrangeiras. O governo encorajou as pessoas a adotarem os hábitos e o estilo de se vestir do Oeste Americano. O governo oficial e os militares foram obrigados por lei a usarem esse estilo de roupa para as funções oficiais (essa lei não tem mais efeito atualmente). Para os cidadãos comuns, era uma exigência usar kimono nas ocasiões formais com peças decoradas que trouxessem o escudo da família, para identificar sua procedência.

Em 2019, os japoneses raramente usam kimonos no dia-a-dia, somente em ocasiões especiais, como casamentos, funerais, cerimoniais, ou outros eventos especiais, como festivais de verão.

https://kireishop.com.br/

#kimono #着物 #kireishop #cultura #tradiçãooriental  #japan  #日本 #brazil #lojaoriental #produtosorientais

 

Curtiu? 1 0
Compartilhe:
Autor(a):
WebSaito

Pai de família gamer, geek, otaku, dorameiro. Enfim só vamo =)

Comentários(0)

Nenhum comentário até o momento.
Seja o primeiro a comentar!

Envie seu comentário

Preencha o formulário abaixo e clique em enviar comentário.
Os campos com * são obrigatórios

Nome:*
E-mail (Não será exibido):
Website:
Comentário:*