Japão A.C

Histórias

Japão A.C

21/12/2019

Japão antes de Cristo

No segundo e terceiro séculos A.C., o povo japonês cultivava arroz em campos irrigados e trabalhava com bronze e ferro. Acredita-se que seus métodos de cultivo e sua tecnologia antiga são originários da China e Coreia.

Os antigos japoneses viviam em centenas de clãs (pequenas comunidades tribais ), que frequentemente guerreavam entre si. Os governantes dos clãs eram também os líderes religiosos das comunidades tribais. 

A antiga crença japonesa era baseada no respeito às forças da natureza, que eram consideradas espíritas e chamadas de kami. A tal crença foi desenvolvida uma antiga religião japonesa chamada de xinto, que significa o modo dos deuses. Esta religião, desprovida de filosofia e de rituais complexos, era baseada na apreciação das maravilhas e belezas da natureza.

De acordo com as crenças xintoístas, o principal deus era Amaterasu ( a deusa do sol). Os santuários construídos em homenagem a Amaterasu se localizavam onde pudessem captar os primeiros raios do nascer do sol. Acreditava-se que a deusa do sol era a protetora da nação japonesa. Até hoje, o Japão é conhecido como a Terra do Sol Nascente e sua bandeira, um círculo vermelho num fundo branco, representa esta imagem.

Os primeiros imperadores japoneses foram os reis Yamato que ascenderam ao poder no quinto século D.C. Afirmando serem descendentes da deusa do sol, eles adquiriram privilégios especiais na nação. Mesmo que muitos de seus sucessores não exerceram o poder de fato, a família imperial japonesa nunca foi deposta e vem reinando, sem interrupções, até os dias de hoje.

https://kireishop.com.br/

#historiadojapão #kireishop #キレイショプ#produtosorientais #lojaoriental #habitosorientais #brasil #ブラジル#japan #nihon #日本#culturaasiatica #culturaoriental

Curtiu? 1 0
Compartilhe:
Autor(a):
Fátima

Dorameira, fã da cultura asiática no geral, fã do cantor coreano Kim Hyun Joong, que faz muito sucesso no Japão.

Comentários(0)

Nenhum comentário até o momento.
Seja o primeiro a comentar!

Envie seu comentário

Preencha o formulário abaixo e clique em enviar comentário.
Os campos com * são obrigatórios

Nome:*
E-mail (Não será exibido):
Website:
Comentário:*